Passar para o Conteúdo Principal
logotipo Junta de Freguesia de Sines
Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C

Projeto de Férias

O ATL A Gaivota acolhe crianças com idades compreendidas entre os 6 e 12 anos inclusive, que frequentam diferentes períodos do dia, consoante a necessidade dos pais e encarregados de educação. Atualmente verificou-se que as necessidades mais relevantes são nos períodos não letivos, nos quais há uma maior afluência de crianças.

De acordo com as necessidades apresentadas e com as condições físicas e humanas que o estabelecimento de atividades de tempos livres oferece considerou-se relevante receber crianças não inscritas (nos períodos letivos) para frequentarem nos períodos não letivos (ferias do Natal, Páscoa e Verão).

As crianças admitidas serão integradas nos grupos correspondentes à faixa etária em que se encontram, participando nas atividades que constam no plano de atividades de férias.

O número de vagas disponíveis para os diferentes períodos não letivos será sempre de acordo com os recursos humanos disponíveis, sendo que as mesmas poderão variar nos diferentes períodos, abaixo indicados:

As inscrições para as interrupções letivas serão efetuadas na secretaria da Junta de Freguesia de Sines, nas datas afixadas atempadamente (30 dias antes do início dos períodos de férias).

Interrupções Vagas
Natal Semanal/Quinzenal
Páscoa Semanal/Quinzenal
Verão Quinzenal/Mensal

 

A inscrição só se considera efetiva com os seguintes requisitos:

  • Boletim de inscrição devidamente preenchido
  • Apresentação dos seguintes documentos:
  • Fotocópia do cartão do cidadão;
  • Uma fotografia tipo passe;
  • Declaração médica em como a criança não sofre de doença infectocontagiosa;
  • Boletim de vacinas atualizado;
  • Declaração de IRS, respetiva nota de liquidação e outros documentos comprovativos da real situação do agregado -para confirmar o ano de rendimentos declarados no IRS a entregar contacte 269870200;

As mensalidades são determinadas através do rendimento “per capita”, principio consignado na Circular nº 4 de Orientação Técnica da direção Geral da Segurança Social (DGSS) de 16/12/2014, tendo a comparticipação familiar mensal da frequência no programa um valor Mínimo de 70€ r um valor máximo de 110€.